10/09/2007

FFF... Depois de quase uma semana aqui estamos nós novamente, recheados de novidades e de aventura para contar... Saímos do Guarujá eram quase 10 e meia... sabe como é que é, despede de um, acorda outro, as últimas conversas... assim vai indo.




Do centro de Guarujá até a balsa foi uma pedalada bem tranquila, passamos por uns condominios de luxo, alta burguesia mesmo!!! Uns lugares do tipo em que cada casa tem um estacionamento de iate particular.... hehehe

Depois de atravessar a balsa esair de Boracéia, cidade vizinha, começou o transito intenso, até tinha acostamento, mas teve uma hora que um louco em um fusca branco que entrou com tudo no acostamento e quase atropelou a gente, eu cai de pé e joguei a bike no chão e o Clé foi com tudo para a grama.... ainda bem... até a Lara levou um susto.Passado isso a pedalada foi tranquila, dormimos na beira da praia em Boracéia, já município de São Sebastião onde temos o contato do secretário do meio ambiente, Teo.

No outro dia de manhã indecisão, iríamos apenas até Maresias pegar o feriado lá ou tentaríamos chegar em Ilha Bela e aproveitar o feriado por lá?? Dúvida que só o caminho iria nos responder.. nesse dia o forte da estrada foram as subidas, uma mais comprida que a outra e todo mundo avisando... olha lá que nem chegou a serrinha de Maresias, mas que seja, tocamos em frente.
Uma praia mais alucinante que a outra... para você que ainda não conhece o litoral norte de São Paulo vale a pena dar um pulo, coisa mais linda, uma praia atrás da outra e uma mais linda que a outra, inacreditável. Bem, chegando em Boiçucanga (praia onde perdemos nossa canga) demos um pulo no mar e vimos que estava rolando um evento da prefeitura, pensamos na possibilidade do Teo estar por lá, não deu outra, ele estava lá e estava pronto para nos ajudar em arranjar um lugar para ficar... Disse que poderíamos ficar num camping em Paúba, depois de Maresias, mas muito próximo... dito e feito, fizemos umas compras e tocamos para lá....

Mas o próximo passo seria a serrinha de Boiçucanga para Maresias... e que serrinha... empurramos as bikes por 3 Km, quase 2h, subiiiiiiiida acima, debaixo de sol, quase me deu uns bode frio... mas chegando lá em cima, só mordomia, três Km de descida louca e sem acostamento. Chegando em maresias demos um pulo na praia só para dar uma olhada, mas com não tinha ninguém e o sol desse lado da serra não brilhava, tratamos logo de ir à Paúba.


Lá chegando, ainda ficamos esperando um tempão para entrar no camping, pois precisavamos do contato do Teo e quando estávamos quase desistindo, o Mazinho, que é dono do camping disse que a gente podia ficar, que tinha falado com o Teo e que estava tudo acertado. O camping do Mazinho fica na beira da praia, de frente para o mar, com banho quente, espaço para fazer fogo e comida, muito legal mesmo. O cara toma o maior cuidado para que tudo fique limpinho, sempre tem gente limpando o chão, os banheiros e tal. Quem passar uma temporada por aqui e se interessar o site do camping é http://www.campingdomazinho.com.br/ .



Quinta dormimos por lá e quando acordamos na sexta o camping havia sido tomado por barracas, sinal de que o feriado prometia para o comercio, melhor para a gente. Na sexta de dia ainda subimos o morro e demos uma olhada em Maresias, não havia gente suficiente para valer a pena a gente ir até lá mangear, quem sabe a noite. Sexta a noite fomos para lá, arranjamos um lugar para expor, e quando estavamos terminando de fazer nosso primeiro terere a polícia baixou, confiscou os trampos de uma guria e ainda levou uns fios meus que deixei cair na correria. Voltamos para o camping emburrados.

O sábado amanheceu ensolarado, e o dia prmetia ser bom para o comercio, fomos até Maresias e depois de andar menos de 200m fizemos a venda do dia, recuperando a grana que gastamos em Sampa e mais ainda o que estavamos gastando no feriado!!! Legal!!! Ainda demos um rolê até quase o final da praia de maresias, te contar, muita grana rola por lá, muita grana mesmo. Voltamos para o camping e capotamos.


O domingo amanheceu nublado e resolvemos nem sair da praia de Pauba, tiramos o dia para a gente, andamos nas pedras, descansamos na areia, andamos de caiaque, vimos uma aguas vivas enormes, nadamos lá no fundão, dormimos na areia, tiramos o dia para a gente.



Na segunda feira (hoje) amanheceu com sol, e o dia de pedalada prometia, logo de cara pegamos uma baita subida, sempre após uma subida tinhamos como recompensa uma descida alucinada morro abaixo. Em cima de cada morro que subíamos tinhamos o privilegio de admirar uma vista linda de morrer, e a cada morro uma vista maislinda que o outro... inacreditavel, valea pena conferir e conhecer o litoral norte de São Paulo.


Depois de muito subir e descer chjegamos finalmente no centro de São Sebastião. Fomos logo a]encontrar o Teo na secretaria do meio ambiente (SEMAM), mas fomos recebidos com a noticia de que ele tinha viajado e só voltava na quinta... bem, meio decepcionados fomos recebidos pela Elizia, a secretaria dele, que ao entender nossa história, nos pôs em contato com o Teo e minutos depois já tínhamos com quem falar para realizar uma ação junto à comunidade, já tínhamos lugar para ficar, fotos a tirar e perguntas a responder, já íamos aparecer na internet e talvez em alguns jornais locais.

Depois de tiradas as fotos, respondidas as perguntas, fomos almoçar e só depois voltamos ao SEMAM para conversar com as pessoas que iriam nos colocar em contato com a comunidade, lá conhecemos o Luis, a Cristiane e a Vera. A Vera trabalha com Educação ambiental em uma escola daqui e amanhã já ficou marcado da gente fazer uma visita de reconhecimento, para na quarta realizar uma ação junto às crianças. Na sexta talvez também role alguma coisa.

10 comentários:

Misael disse...

Puts, aquela serrinha ali entre São Sebastião e Maresias é o bicho mesmo... De carro já cansa, imagina camelando... Affff... Mas que bom que tudo deu certo e que foram bem nas vendas! Continuamos na torcida e sempre empolgados com suas histórias.

Ramonão, esse ano o Mengão vai!! :D

Abraços,

Buchudo.

Mada disse...

As DEBORAS continuam orando por vcs.
Que susto vcs. levaram....
Amamos vcs.
Sem novidades.
Mada.

Anônimo disse...

que bom que chegaram bem!

Engraçado mas foi só vcs sairem que apareceu o meu desejado descanso...

fui pra Floripa pra colocar as idéias em ordem!

continuo fazendo os contatos, pretendo em breve trazer boas notícias.

Precisando é só chamar, nos mantenham informados e cuidado com os fuscas véios...

Rodrigo

Anônimo disse...

oi,
continuamos todos torcendo e orando por vocês.
A novidade boa é que o Andre e o Michael estão trabalhando.
Se cuidem!
beijos,
tia Alcione

Thiago disse...

eae pedalecos...muito irada a trip de vcs no litoral norte, quando lia imaginava vcs no lugar pois conheço os lugares e conheço vcs...q pena que nao deu pra se despedir aqui no guaru...mas agente ainda se ve!!!rssss
abraço
Thiago Rocha

Mada disse...

Olá... estamos comendo amora tds. os dias... sabe de onde? o pé que vc. plantou...
Fiquem com DEUS.
Mada

Anônimo disse...

Só passei para mandar um grande abraço!

Victor Augustus

daniel disse...

Ae gaLera!!!!!!!!pelo visto a viajem ta fluindo, as coisas acontecendo,e a latitude vai diminuindo...Muito , muito bom mesmo....E é isso ai galera, continuem seguindo em frente, como diria o "super homem", para o alto e avante, e deixa que a natureza cuida de vcs...
abraçao e muitas energias

Daniel

ps. A raja está mandando uma lambida pra vcs...

cleverson disse...

dae.. aki é o OUTRO...
Cleverson preciso de um favorzão.
na comunidade onde trabalho, ele tem um MATO que querem transformar em bosque, pra isso eles precisam de um ambientalista, ou biólogo, pra fazer um projeto.
vc tem aki em ctba alguém pra ajuda-los?
wcleverson@gmail.com
abraçosss

Nathalie Sterblitch disse...

Olá, pessoas!

Aqui Nathalie, do portal Trilhas & Aventuras, para onde vocês mandaram uma mensagem divulgando a viagem e pedindo apoio. Pois bem! Queremos dar esse apoio!!

Dei uma lida na mensagem e em algumas coisas do blog e preciso entrevistar vocês... Não sei como, mas preciso!
Tenho disponibilidade de telefone e, é claro, email.

Entrem em contato assim que possível. Vamos divulgar isso tudo.
nathalie@trilhaseaventuras.com.br
ou, na parte da tarde, durante a semana, em (24) 3355.8586. Esse telefone é da rádio onde eu trabalho... podemos usar esse número para a entrevista.

Abraços cordiais.
Aguardo breve contato.

Nathalie
www.trilhaseaventuras.com.br